Neo Cristão

6 de fevereiro de 2015

Cristão deve desabafar no Facebook?

A Paz do Senhor, amados! Estive refletindo ultimamente sobre desabafar no Facebook. O cristão deve se portar desta forma? Antes de respondermos, vamos analisar uma passagem bíblica:

2 Reis 20
Por este tempo, o rei Ezequias foi atingido por uma doença mortal. O profeta Isaías, filho de Amós, foi visitá-lo e disse-lhe da parte do Senhor: «Faz o testamento, porque não irás viver por muito mais tempo.» Então Ezequias voltou-se para a parede e orou ao Senhor desta maneira: «Ó Senhor, lembra-te que procedi para contigo com lealdade, sinceridade e com um coração íntegro, que fiz sempre o que te agrada.» E irrompeu num grande choro. Isaías saiu mas, antes de ter chegado ao átrio central, o Senhor ordenou-lhe que voltasse para junto de Ezequias, o guia do povo do Senhor, e lhe dissesse: «Esta é a mensagem do Senhor, Deus do teu antepassado David: Ouvi a tua oração e vi as tuas lágrimas. Vou curar-te! Dentro de três dias poderás ir ao templo. Vou conceder-te mais quinze anos de vida! Além disso, salvar-te-ei a ti e a Jerusalém do poder do rei da Assíria. Defenderei esta cidade, por quem sou e por fidelidade ao meu servo, David.» Então Isaías mandou preparar uma pasta de figos esmagados, aplicou-a sobre a parte doente e o rei melhorou.

Nesta passagem, que se repete no livro de Isaías, podemos aprender com Ezequias, que não saiu pra chorar na porta da cidade (o mais próximo que eles tinham do Facebook em sua época), nem chamou a corte para que o bajulasse. Antes, se voltou para a parede e se humilhou na Presença de Deus, o único que pode realmente mudar nossas vidas. Além disto, Ezequias pediu que Deus poupasse sua vida, mas Deus foi além, e concedeu também vitória para ele e para Judá sobre seu opressor. E a atitude de Ezequias está totalmente de acordo com o que nos ensinou Jesus. Vejamos:

Mateus 6
Jesus ensina a orar

«Quando orarem, não façam como as pessoas fingidas que gostam de orar de pé, nas sinagogas e às esquinas das ruas, para toda a gente as ver. Garanto-vos que essas pessoas já receberam a sua recompensa. 6 Tu, porém, quando quiseres fazer oração, entra no teu quarto, fecha a porta e ora a teu Pai que está presente sem ser visto. E o teu Pai, que vê o que se passa em segredo, há de recompensar-te.

Portanto, meus amados, fica a resposta bíblica à nossa pergunta. Antes de desabafar no Facebook, melhor mesmo é buscarmos nosso cantinho de oração e conversarmos a sós com nosso Deus, pois Ele está atento ao nosso clamor, Ele recolhe nossas lágrimas e conforta nossos corações.

Que a Paz que excede todo entendimento esteja conosco hoje e sempre!!!

17 de março de 2014

A diferença entre louvor e música

Na verdade, podemos encarar o louvor como um geiser que alguém colocou uma pedra pesada em cima. A pedra são as dificuldades e distrações do dia a dia.
Quando começamos a adorar, o geiser começa fraquinho, sem forças pra remover a pedra. Conforme vamos nos aprofundando em adoração, a pressão sob a pedra vai aumentando. As águas do geiser vão se agitando lá embaixo da pedra.
O verdadeiro louvor brota quando temos tanta adoração dentro de nós q nenhuma pedra deste mundo, por mais pesada q seja, consegue segurar as águas q estão brotando. Então todas as pedras são lançadas longe, pois nos perdemos em adoração.
O mais interessante é que tudo e todos q estão ao redor do geiser se molham quando ele jorra. Não importa se quem está perto de você quando você louva é crente ou não. Quando as águas de Jesus brotar de você, vai lançar fora todo medo, toda preocupação e tudo o que ofende a santidade de Deus.
E isto vai ocorrer com todos os que estiverem ao teu redor, sejam crentes ou não, pois o geiser molha todos q estão ao redor, querendo ou não.
Entendem agora como louvor e música não são a mesma coisa?



31 de outubro de 2013

A verdadeira humildade

A Paz do Senhor Jesus, amados! Depois de algum tempo, volto a postar. Não que não tenha tido assunto, mas apenas me faltou tempo.

Hoje quero falar sobre humildade. Estudando a bíblia e orando, o Espírito do Senhor me explicou que a verdadeira humildade só existe quando há relacionamento com Ele. Sem este relacionamento não há humildade, mas simples falsa modéstia.

Me deixem explicar: no sermão da montanha, (Mateus, 5), Jesus fala:

Mateus 5:3 "bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus"

O que significa pobre de espírito? A origem está no velho testamento que, para designar os humildes, utiliza em hebraico a mesma palavra para designar tanto pobre, quanto humilde, porém com o significado de 'pessoa que se submete à vontade de Deus'. No original, por tanto, mesmo a palavra em grego tendo o significado de pobre, a expressão 'de espírito' é que dá a mesma conotação do hebraico. Vejam estes exemplos:

Sofonias 2
3 Procurem ao Senhor, ó gente humilde, vós que cumpris os seus mandamentos. Procurem ser sempre justos e humildes; para poderem ser poupados no dia da ira do Senhor.

Isaias 61
1 O Espírito do Senhor está sobre mim, porque o Senhor me consagrou para levar a boa nova aos pobres, para curar os desesperados, para proclamar a libertação aos exilados e aos prisioneiros a liberdade.

Nos dois exemplos, em hebraico é utilizado o mesmo termo, tanto para pobre, quanto para humilde, porém com o mesmo sentido, como explicado acima.

Pra completar, vejam o que está escrito:

Provérbios 3
34 Ele despreza os que o desprezam, mas trata os humildes com bondade.

Podemos entender este versículo como: 'O Senhor ignora os insubmissos, mas trata com bondade os que se submetem à Sua vontate'. Pedro entendeu bem este assunto quando escreveu:

1 Pedro 5
6 Sejam humildes, portanto, e submissos ao poder de Deus, para que Ele vos eleve no devido tempo.

Bem, pessoal. É isso! Espero ter contribuído ao menos um pouquinho com o crescimento de vocês! Que Deus abençoe a todos com graça e discernimento!



9 de julho de 2013

Reconstruir primeiro o Templo ou o Altar?

No livro de Esdras aprendemos porque nós falhamos tantas vezes como cristãos. Após a autorização do rei Ciro para a reconstrução de Jerusalém, o povo de Deus primeiro reconstruiu o altar, para depois reconstruir o templo. Muitas vezes colocamos a carroça na frente dos bois, tentando construir primeiro nossa imagem de crente (reconstruir o Templo) antes de reconstruir o altar (entregar a vida integralmente a Cristo). Melhor nos ocuparmos de reconstruir o altar e começar a oficiar nele, que certamente aquele que começou a Obra a terminará e nos ajudará na reconstrução do Templo.

Este louvor é excelente para refletirmos sobre este assunto: